***PAZ E BEM!*** SEJAM BEM-VINDOS AO BLOG DO SECRETARIADO BIBLÍCO DE SÃO MIGUEL AÇORES***UM FELIZ E SANTO NATAL E UM 2018 CHEIO DE SAÚDE E REPLETO DE BÊNÇÃOS DE DEUS***

Bíblia Online

Evangelho do Dia

terça-feira, 27 de outubro de 2009

"Como Marcos viu Jesus"

Marcos era discípulo de Pedro e companheiro de Paulo. (1Pd.5,13 ; act.12,12)
Terá sido quem primeiro pôs por escrito, duma forma ordenada, a memória de Jesus Cristo.
Para Marcos Jesus “Filho de Deus” revela-se profundamente humano de contrastes desconcertantes: È acessível, distante, acarinha e repele, impõe segredo e manda apregoar.
É uma” Figura Misteriosa”: Encerra em si, conjuntamente, um homem verdadeiro e um Deus verdadeiro.
Evangelho segundo São Marcos:
1ª PARTE – Jesus preocupa -Se com o acolhimento do povo; atende às suas necessidades e ensina.
2ª parte - Jesus volta - Se principalmente para os apóstolos que escolheu.
Com sábia pedagogia vai-os formando, revela-lhes progressivamente o plano de salvação. É um relato de Jesus muito humano e próximo de nós.
Jesus ensina não por meio de grandes discursos, mas por meio de acções.
É grande a importância dada aos milagres de jesus!

A verdadeira identidade de Jesus para Marcos: Jesus crucificado / sofredor
E os factos são relatados na sua crueza e sem comentários.
Assiste-se a um “ fracasso” lamentável. Vai -se acompanhando um homem ultrajado, abandonado por todos, até pelos discípulos, até por Deus, aparentemente, e que morre no mais completo despojamento.
E… Messias - Mas com a sua Morte e Ressurreição, demonstrou ser verdadeiramente o Filho de Deus, que a todos possibilita a Salvação.

A humanidade de Jesus Cristo, um ser para os outros:
Compadece-se com os que sofrem (Mc.1,14)
Admira-se (Mc.6,6)
Indigna-se (Mc.10,14)
Põe o homem acima da lei ( Mc.2,27)
Realiza Milagres
Cura doentes e atormentados
Compadece-se com os que sofrem
Tem gestos de carinho
Expulsa demónios
Morre por todos
Manda o seu Espírito
O povo apercebe-se duma nova doutrina:
Mc.2,9-12………..Paralítico curado
Mc.2,27………….O dia de sábado
Mc.3,31-35……...Nova família de Jesus
Mc.8,34-38……...Condições para seguir Jesus
Mc.9,33-37……...Quem é o maior?
Mc.9,42………….Quem escandalizar uma criança…
Mc.10,15………..Quem não receber o reino…
Mc.16,9-15………Jesus Ressuscitado

O túmulo vazio é a Vitória sobre a morte! MC.16,5-8
Somos nós, hoje, quem deve anunciar e viver a Ressurreição, porque o Espírito Santo está connosco!

(Notas extraídas dos Cadernos Bíblicos - Difusora Bíblica)
Secretariado Bíblico de S. Miguel

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Evangelho segundo São Mateus

É , sobretudo, o evangelho segundo Mateus que mais insere o leitor na revelação que Jesus faz de Si mesmo através da Palavra.
È utilizada a forma que a Bíblia usou para transmitir as palavras de Moisés.
"O Discurso"
O Evangelho, segundo Mateus é mais ou menos um Novo Pentateuco, em que a pregação de Jesus se apresenta em cinco grandes discursos:

"Discurso na montanha" (MT.5)
Montanha – lugar da revelação de Deus a Moisés ( o Sinai) = lugar adequado à pregação de Jesus.
Para Mateus, Jesus é o Mestre definitivo em Israel . Atribui a Jesus uma autoridade superior à de Moisés
( e a todos os mestres : escribas e doutores da Lei)
Aqui Jesus é apresentado como alguém que fala com autoridade e não como os doutores da lei ou os escribas.
"Discurso Missionário" (MT.10)
Contém disposições que Jesus dá aos apóstolos para continuarem a Sua Missão.
É importante notar que é sempre a Palavra de Deus, que guia a actividade missionária.
MT:10,20- “ Não sereis vós a falar, o Espírito do vosso Pai é quem falará por vós”.
"Discurso em Parábolas "
É um modo característico de falar e de envolver o ouvinte, que Jesus utilizava. Ninguém, melhor do que Ele, soube perceber a presença de Deus nas circunstâncias e nas personagens da vida de todos os dias:
A sementeira - a colheita – a pesca –a amassadura do pão – a vida de família - a relação servo/ patrão – a relação pais / filhos -
pastor/ rebanho…
Nas parábolas de Jesus, a vida quotidiana torna-se o lugar privilegiado da presença de Deus e da difusão do Reino.
Deus já não está fechado na esfera do sagrado, inacessível ao homem. Mas revela -Se na vulgaridade dos dias e dos gestos…graças a estas “parábolas”.

"Discurso Comunitário" (MT.18)
A comunidade que Jesus reúne à volta da sua Palavra é a comunidade messiânica, que chegou ao termo da revelação de Deus. Nela não se privilegia a lei da justiça estrita, mas a lei do perdão, da correcção fraterna, da reconciliação e do acolhimento mútuo.
Cada um dos seus membros tem a consciência de que “JESUS ESTÁ NO MEIO DELES”

"Discurso Escatológico" (MT.21-25)
Contém o que a Palavra de Jesus nos deixou acerca dos últimos acontecimentos do Homem e do Mundo. Neste discurso emerge o juízo que Deus pronunciará acerca de cada homem, baseado na coerência entre a fé na Palavra de Jesus e o acolhimento aos irmãos: “ tinha fome , tinha sede, estava nu, estava doente…) e assististes-Me ( ou não Me assististes…)
No centro do Evangelho, segundo Mateus, está portanto a Palavra. Não uma palavra abstracta, sem eficácia, como já se considera a palavra da nossa civilização.
É , pelo contrário, a palavra das Bem-Aventuranças, do Pai Nosso, do Perdão, do Anúcio do reino dos céus no meio de nós, na Pessoa e na Palavra de Jesus! "

(notas extraídas do livro” Guia para ler a Bíblia”-pgs.200)

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Visita ao Grupo Bíblico "Sal da Terra"

Mais de três dezenas de pessoas, após a Eucaristia das vinte horas, dirigiam -se ao salão paroquial da freguesia da Covoada, onde iriam ter um tempo de oração em grupo, seguido dum tempo de leitura e partilha da CARTA DE S.TIAGO-1,21-25.
Quer a oração, quer a partilha foram acompanhadas de cânticos: um dedicado à ”Virgem de Nazaré” e o outro à Palavra de Deus:“ Fala, Senhor, pela Bíblia”.
Todo o encontro foi sendo de franco e alegre convívio.
Os elementos do Secretariado sentiram-se bem acolhidos pelo “Sal da Terra”, quer pela amabilidade de todos expressa em palavras ou sorrisos, quer ainda, por terem sido brindados com uma citação bíblica, gostosamente enquadrada num marcador para a Bíblia, que a Animadora de Grupo fez passar numa cestinha por todos os presentes.
Todos leram, a pedido da Animadora a citação recebida, para enriquecimento mútuo.
A partilha incidiu particularmente na urgência, de se ESCUTAR a Palavra de Deus e de cada um tomar consciência dessa urgência, bem como de se tornar agente activo da sua formação pessoal.
Houve ainda um tempo para informações sobre actividades do Secretariado e de actualização de dados do grupo visitado.
Terminado o encontro , todos se mostraram disponíveis para outras acções com a PALAVRA DE DEUS.

A coordenadora do S.B.
Regina Pinheiro

2017 Ano litúrgico A

2017 Ano litúrgico A

BIBLIA = BIBLIOTECA

BIBLIA = BIBLIOTECA

Trabalhos em PowerPoint disponiveis para Download

Trabalhos em PowerPoint disponiveis para Download

.

Obrigado pela sua visita
Volte sempre e
fique com Deus!

"Porque esta PALAVRA está muito perto de ti, na tua boca, e no teu coração, para a cumprires" (Deut.30.14)