***PAZ E BEM!*** SEJAM BEM-VINDOS AO BLOG DO SECRETARIADO BIBLÍCO DE SÃO MIGUEL AÇORES***Participe na XXIII SEMANA BÍBLICA DIOCESANA DE 20 A 22 DE NOVEMBRO NO CINETEATRO LAGOENSE E DE 23 A 24 DE NOVEMBRO NO CINETEATRO VALE FORMOSO NA FREGUESIA DAS FURNAS*** INICIO SEMPRE ÁS 20H ENTRADA LIVRE NÃO PRECISA DE INSCRIÇÃO SÓ TEM QUE TRAZER A BÍBLIA NA MÃO E DEUS NO CORAÇÃO*** CONTAMOS COM A VOSSA PRESENÇA***

23 Semana Bíblica Diocesana

23 Semana Bíblica Diocesana

participe

participe


A Sagrada Escritura é o conjunto dos livros escritos por inspiração divina, nos quais Deus se revela a si mesmo e nos dá a conhecer o mistério da sua vontade.

O Antigo Testamento contém a revelação feita por Deus antes da vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo ao mundo.

O Novo Testamento contéma revelação feita directamente por Jesus Cristo e transmitida pelos Apóstolos e outros autores sagrados. «A Sagrada Tradição e a Sagrada Escritura estão intimamente unidas» (Dei Verbum 9)


Bíblia Online

Evangelho do Dia

2017 Ano litúrgico A

2017 Ano litúrgico A

domingo, 14 de setembro de 2014

24º Domingo do Tempo Comum - Ano A 14 de Setembro 2014

Exaltação da Santa Cruz

Livro de Números 21,9b-14. 
Moisés fez, pois, uma serpente de bronze e fixou-a sobre um poste. Quando alguém era mordido por uma serpente e olhava para a serpente de bronze, vivia.
Os filhos de Israel partiram e acamparam em Obot.
Partiram de Obot e acamparam em Ié-Abarim, no deserto que se encontra em frente de Moab, a oriente.
Partiram dali e acamparam no vale de Zéred.
Partiram dali e acamparam além do Arnon, que sai do território dos amorreus e atravessa o deserto; na verdade, o Arnon é a fronteira de Moab, entre Moab e os amorreus.
Por isso, se diz no “Livro das Guerras do Senhor”: «Vaeb em Sufá e as suas torrentes,



Livro de Salmos 78(77),1-2.34-38. 
Escuta, meu povo, os meus ensinamentos;
presta atenção às minhas palavras. 
Vou abrir a minha boca em parábolas
e revelar os enigmas de outros tempos. 

Quando os castigava, eles procuravam-nO,
convertiam-se e voltavam se para Deus. 
Recordavam-se então que Deus era o seu protector,
que o Altíssimo era o seu libertador. 

Mas logo O enganavam com a boca
e lhe mentiam com a língua.
Os seus corações não eram leais com Ele,
nem fiéis à sua aliança. 

Mas Deus, que é misericordioso, perdoava-lhes os pecados
e não os destruía.
Muitas vezes conteve a sua cólera
e não executava toda a sua ira.




Carta aos Filipenses 2,6-11. 
Cristo Jesus, que é de condição divina, não considerou como uma usurpação ser igual a Deus;
no entanto, esvaziou-se a si mesmo, tomando a condição de servo. Tornando-se semelhante aos homens e sendo, ao manifestar-se, identificado como homem,
rebaixou-se a si mesmo, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz.
Por isso mesmo é que Deus o elevou acima de tudo e lhe concedeu o nome que está acima de todo o nome,
para que, ao nome de Jesus, se dobrem todos os joelhos, os dos seres que estão no céu, na terra e debaixo da terra;
e toda a língua proclame: “Jesus Cristo é o Senhor!”, para glória de Deus Pai.



Evangelho segundo S. João 3,13-17. 
Naquele tempo, disse Jesus a Nicodemos: «Ninguém subiu ao Céu a não ser aquele que desceu do Céu, o Filho do Homem.
Assim como Moisés ergueu a serpente no deserto, assim também é necessário que o Filho do Homem seja erguido ao alto,
a fim de que todo o que nele crê tenha a vida eterna.
Tanto amou Deus o mundo, que lhe entregou o seu Filho Unigénito, a fim de que todo o que nele crê não se perca, mas tenha a vida eterna.
De facto, Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por Ele. 

BIBLIA = BIBLIOTECA

BIBLIA = BIBLIOTECA

Trabalhos em PowerPoint disponiveis para Download

Trabalhos em PowerPoint disponiveis para Download

.

Obrigado pela sua visita
Volte sempre e
fique com Deus!

"Porque esta PALAVRA está muito perto de ti, na tua boca, e no teu coração, para a cumprires" (Deut.30.14)